Manuscript with arrow icon Book and magnifying glass icon Cross-check icon Process checklist icon Reputation ribbon icon Graduation cap icon Question speech bubble icon Headset call icon Mobile phone call icon Login arrow icon B+ Paper Icon Becoming B+ Paper Icon Checkmark Paper Icon Feedback Speech Bubble Icon Feedback Double Speech Bubble Icon Similarity Check Icon Professional Development Icon Admin Training Icon Instructor Training Icon Student Training Icon Integrations Icon System Status Icon System Requirements Icon Menu Icon Checkmark Icon Download Icon Rubric Icon Prompt Icon QuickMark Set Icon Lesson Plan Icon Success Story Icon Infographic Icon White Paper Icon White Paper Icon Press Release Icon News Story Icon Event Icon Webcast Icon Video Icon Envelope Icon Plaque Icon Lightbulb Icon Insights Lightbulb Icon Training Icon Search Icon User Icon Privacy Icon Instructor Icon Instructor-1 Icon Investigator Icon Admin Icon Student Icon Voice Grammar Icon Turnitin Logo (Text and Icon) Icon Facebook Icon Twitter Icon LinkedIn Icon Google Plus Icon Lightbulb Icon Binoculars Icon Drama Masks Icon Magnifying Glass Icon Signal Check Indicator Bars Red Flag Icon Analysis and Organization Icon
Agende uma consulta

Similaridade não é igual a plágio. Os dois conceitos não são os mesmos.

E isso pode balan√ßar algumas estruturas e desafiar alguns entendimentos, mas precisamos esclarecer essas ideias. Por isso, repetimos: SIMILARIDADE n√£o √© igual a PL√ĀGIO

Agora que tiramos isso do caminho, vamos nos aprofundar nessa afirma√ß√£o um pouco mais e verificar se conseguimos trazer um pouco mais de clareza para a situa√ß√£o. Desde 2013, a Turnitin vem fazendo postagens no blog, discutindo e, geralmente, buscando oportunidades de esclarecer essa quest√£o de se o nosso produto detecta pl√°gio. N√£o importa quantas vezes n√≥s abordamos o assunto, n√≥s continuamos encontrando pessoas ao redor de todo o mundo procurando por essa resposta. No nosso Turnitin Educator Network, onde os usu√°rios de todo o mundo se juntam para fazer perguntas e compartilhar algumas ideias, o t√≥pico ressurge ano ap√≥s ano, e no contato direto com os professores e alunos de todo o mundo, isso tamb√©m aparece com frequ√™ncia. Nossa Integra√ß√£o com o Cliente e nossas equipes de educa√ß√£o reportam que esse t√≥pico surge regularmente em treinamentos tamb√©m. A resposta, entretanto, √© simples: A Turnitin n√£o detecta pl√°gio. Em um esfor√ßo para esclarecer qualquer d√ļvida remanescente, vamos dar uma olhada nas quest√Ķes mais frequentes que escutamos, uma a uma, para respond√™-las da maneira mais simples, direta e mais clara poss√≠vel.

Aqui temos 5 quest√Ķes fundamentais para esclarecimento:  
  1. Com que frequência a Turnitin detecta plágio?
    Nunca detectamos - n√£o √© isso o que fazemos. N√≥s nunca buscamos substituir o julgamento de um profissional em atividade direta com os alunos. Fornecemos informa√ß√£o para ajudar o professor a chegar a conclus√Ķes para poder fazer seu julgamento. Nosso trabalho √© apoiar o docente e, se poss√≠vel, torn√°-lo mais f√°cil.

  2. Se o relatório não detecta plágio, o que ele detecta?
    Similaridade ‚Äď √© por isso que o denominamos Relat√≥rio de Similaridade. Voc√™ vai notar que n√£o o chamamos de Relat√≥rio de Pl√°gio ou - ainda pior - relat√≥rio de m√° conduta. N√≥s n√£o detectamos esses pontos, e n√£o √© da nossa al√ßada fazer essas conclus√Ķes. Ao inv√©s disso, queremos fornecer aos educadores todas as informa√ß√Ķes que precisam para fazer a an√°lise correta, incluindo quando e como criar um ‚Äúmomento de ensino‚ÄĚ e oferecer instru√ß√Ķes fundamentais e abordar poss√≠veis d√©ficits de habilidades. Alguns desses d√©ficits podem ser em habilidades fundamentais de alfabetiza√ß√£o como par√°frase, ou em habilidades espec√≠ficas relacionadas √† cita√ß√£o; eles podem at√© mesmo estar no n√≠vel de funcionamento executivo com uma habilidade fundamental, como o  gerenciamento de tempo.

    Uma vez que sabemos que essas defici√™ncias de habilidade podem ser a causa raiz de incidentes de pl√°gio ‚Äď intencional ou n√£o ‚Äď criamos um recurso planejado especificamente para fornecer insights, feedback e apoio, em cada uma dessas √°reas, incluindo a nossa interessante ferramenta formativa, Turnitin Draft Coach, que permite ao aluno desenvolver seus primeiros rascunhos com feedbacks sobre gram√°tica/uso de linguagem, bem como sobre as cita√ß√Ķes e similaridade.

  3. Qual é a diferença entre similaridade e plágio?
    O software da Turnitin recebe o que o aluno envia e compara com uma robusta base de dados de conte√ļdo, incluindo internet, conte√ļdos acad√™micos e de trabalhos de alunos, e procura por similaridades. Essas similaridades s√£o reportadas em uma porcentagem, ou seja, a porcentagem do trabalho que o aluno enviou que √© similar ao conte√ļdo da nossa base de dados. No relat√≥rio, um aluno ou professor pode se aprofundar em detalhes para ver o que, exatamente √©, e quanto √© correspondente. 

    Merriam-Webster define pl√°gio, por outro lado, como ‚Äúo ato de apresentar como nova e original uma ideia ou produto derivado de uma fonte existente‚ÄĚ. Em outras palavras, reapresentar intencionalmente o trabalho de algu√©m como sendo seu. Isso √© algo muito diferente de similaridade. H√° algum lugar onde similaridade tamb√©m pode ser pl√°gio? Sim, claro, mas vale repetir: n√≥s deixamos esse julgamento para os educadores que est√£o trabalhando pr√≥ximos aos alunos, que t√™m uma variedade de contextos que podem usar para compreender a situa√ß√£o. Nossa ferramenta nunca vai ter acesso a todas essas complexidades.

  4. Quanto de plágio é aceitável?
    Nada ‚Äď pl√°gio √© a viola√ß√£o da Integridade Acad√™mica, e nunca √© aceit√°vel. Entretanto, voltamos √† minha afirma√ß√£o anterior: A Turnitin n√£o detecta pl√°gio.

    Se trocarmos a pergunta e questionarmos ‚ÄúQuanta de similaridade √© aceit√°vel?‚ÄĚ, a√≠ sim √© uma discuss√£o muito diferente. Vale notar que a similaridade n√£o √© somente e n√£o √© sempre uma coisa ruim; ela pode, na verdade, ser um √≥timo indicador de aprendizagem. Um defensor de longa data da Turnitin, no Reino Unido, sugeriu que ‚Äúa similaridade √© aceit√°vel em muitos casos e pode demonstrar uma ampla pesquisa e muita leitura, conhecimento da vis√£o de outras autoridades e fontes ‚Äď um passo vital na estrada da forma√ß√£o do pr√≥prio ponto de vista e dos pr√≥prios argumentos‚ÄĚ.

  5. O que é plágio não intencional?
    Pl√°gio n√£o intencional, ou acidental, geralmente, √© resultado do d√©ficit de habilidades, quando o aluno tem um ponto fraco que o leva ‚Äď sem a inten√ß√£o ‚Äď a apresentar a ideia de outra pessoa como sua pr√≥pria. Talvez o aluno tenha dificuldades com par√°frase, ou n√£o √© h√°bil em cita√ß√Ķes. Pode ser tamb√©m que um desafio de flu√™ncia na linguagem o levou a copiar ideias de outra pessoa. Sem contar outras raz√Ķes espec√≠ficas, a inten√ß√£o de pl√°gio n√£o estava presente. Por outro lado, h√° situa√ß√Ķes em que a inten√ß√£o √© clara, ou aquelas em que o professor precisa de mais informa√ß√Ķes para ter certeza da tentativa. 


Para sintetizar o assunto - o pl√°gio nunca √© aceit√°vel, mas pl√°gio e similaridade n√£o s√£o sin√īnimos. E, sem rodeios: a Turnitin n√£o detecta pl√°gio. Na Turnitin, n√≥s levamos o valor do foco no cliente muito a s√©rio, e nossos clientes s√£o professores e pesquisadores em todo o mundo, o que traz um imenso respeito √† expertise e julgamento profissional daqueles que escolheram essa profiss√£o. Por isso, n√≥s buscamos apoiar esses profissionais, fornecendo ferramentas e insights que possam ajudar seus julgamentos e decis√Ķes, e n√£o substitu√≠-los.

Fique ligado nas pr√≥ximas postagens dessa s√©rie onde abordaremos como a distin√ß√£o entre pl√°gio e similaridade impacta na pr√°tica de sala de aula -  o que funciona, o que n√£o funciona, e como usar melhor nossas ferramentas para apoiar objetivos instrucionais.

Saiba mais sobre Turnitin Draft Coach
Saiba mais sobre Turnitin Originality